Lista de revisão

Lista de exercícios

  1. Uma pesquisadora desenvolveu um medicamento para transtorno de déficit de atenção. Para testar este medicamento, ela deve comparar a sua efetividade a um outro que já é comercializado. Para tal, coletou uma amostra de \(50\) indivíduos com déficit de atenção, sendo que \(25\) destes eram casos graves e \(25\) eram casos leves. Por considerações éticas, a pesquisadora aplicou o novo medicamento aos \(25\) pacientes com caso grave e o medicamento antigo aos \(25\) pacientes com caso leve.
  1. Analise o planejamento deste experimento à luz dos conceitos de validade e eficácia.

  2. Após realizar o experimento, a pesquisadora observou que os pacientes tratados com o medicamento novo em média tinham maior dificuldade de prestar atenção do que os pacientes tratados com o medicamento antigo. Esta observação é evidência de que o medicamento antigo é mais efetivo? Por quê?

  1. Uma pesquisadora desenvolveu um medicamento com o intuito de reduzir a concentração de uma determinada substância no sangue. Para testar a efetividade deste medicamento, mediu a concentração da substância no sangue de \(9\) indivíduos antes e depois de tomar o medicamento. Observou:
  1. Indique as unidades amostrais, a população e as variáveis estudadas.

  2. Calcule uma medida de centralidade e uma medida de dispersão para cada uma das variáveis observadas.

  3. Construa um boxplot para cada uma das variáveis observadas. Por inspeção visual, parece haver diferença entre as variáveis?

  4. Qual hipótese a pesquisadora deve testar? Interprete o erro tipo I e o erro tipo II desta hipótese.

  5. Teste a hipótese acima, interprete o resultado e compare-o com sua resposta para o item c.

  1. Ao testar a hipótese de que a água de um rio é imprópria para consumo, um pesquisador encontrou um p-valor de 0.001.
  1. Qual o significado do p-valor?

  2. Se o pesquisador deseja controlar a probabilidade de erro tipo I em 0.05, ele rejeitará a hipótese nula?

  3. Por que em um artigo científico é mais conveniente comunicar o p-valor do que comunicar diretamente se a hipótese foi rejeitada ou não?